Alexandre Frota vai à PF para descobrir se foi vigiado por sistema da Abin

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

Um requerimento foi protocolado na Polícia Federal pelo ex-deputado federal Alexandre Frota, com intuito de verificar se ele teria sido monitorado pelo software espião FirstMile utilizado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) no governo Jair Bolsonaro (PL).

No documento endereçado ao diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, Frota diz que sua atuação parlamentar foi pautada pela oposição política ao Executivo e em “contundente oposição à figura do ex-presidente, bem como seus familiares”.

Veja também: