Aplicativo iFood sofre ataque e nomes de restaurantes são trocados por ofensas

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Na noite da última terça-feira (3), restaurantes do iFood tiveram seus nomes trocados por mensagens contraria a vacina contra a covid-19 e de apoio à candidatura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Vacina Mata”, “Bolsonaro 2022”, “Lula Ladrão” e “Petista Comunista” foram alguns dos nomes utilizados nas trocas.

Os usuários da plataforma de entrega utilizaram as redes sociais para informar as trocas e rapidamente a invasão se tornou um dos assuntos mais comentados na web. Alguns internautas chegaram a denunciar o vazamento de dados e utilização de seus cartões de créditos por terceiros. “Rolou sim, meu cartão de crédito vazou e até tentaram realizar compras nele!!!!”, escreveu uma internauta. “Vazou sim pois fizeram varias compras on line no meu cartão”, afirmou outra.

Em nota, o iFood informou que as mudanças atingiram 6% dos estabelecimentos cadastrados na plataforma e foram feitas indevidamente por um funcionário de uma prestadora de serviço de atendimento “que tinha permissão para ajustar informações cadastrais dos restaurantes na plataforma, e que o fez de forma indevida”.

Confira as alterações na plataforma

Veja também: