Após João Leão cobrar liberação de licenças, Bruno Reis diz que ‘não recebeu pedidos’ da ponte SSA-Itaparica

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Após o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), afirmar que aguarda a liberação de licenças por parte da prefeitura de Salvador para iniciar as obras da ponte Salvador-Itaparica, o gestor da capital, Bruno Reis (DEM), disse não ter conhecimento de pedidos referentes à construção do equipamento.

“Que eu tenha conhecimento, não foi dado entrada em nenhum pedido em relação a ponte. Se for dado entrada terá toda celeridade para sua liberação. Agora, a última declaração que eu vi do governador Rui Costa, é que ainda estavam fazendo a sondagem para identificar onde seria fixado os pilares da ponte. Eu creio que ainda não tenha projeto executivo para ser apreciado pela prefeitura”, destacou Bruno durante entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (24).

Bruno Reis também afastou a possibilidade de uso “político-partidário” nas tratativas sobre a ponte. “Quero deixar claro que isso não tem nada a ver com posição política-partidária, eu sempre vou colocar o que é melhor para as pessoas acima das questões políticas, não vamos politizar esse assunto, pode ter certeza”, sinalizou.

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, João Leão garantiu que a crise no mercado chinês não vai afetar a construção da ponte e disse que o governo já deu entrada nas autorizações, e que aguarda a gestão municipal. “Nós precisamos agora das autorizações da prefeitura de Salvador, que nós já demos entrada. A própria empresa deu entrada”, disse o vice-governador. (BN)

Veja também: