Bahia tem 25 cidades sem registrar mortes violentas há mais de 1 ano; em Rio do Antônio, último assassinato foi em 2014

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

A Bahia tem 25 cidades sem registrar mortes violentas há mais de um ano. A maioria delas fica no sudoeste do estado. Os dados foram levantados com a Polícia Civil, e dizem respeito aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

São considerados CVLI os casos que envolvem homicídios dolosos, além de agressões e roubos seguidos de assassinato. O município baiano com a maior quantidade de dias sem mortes violentas é Rio do Antônio. Por lá, a última ocorrência foi registrada em setembro de 2014.
Em Rio de Contas, na Chapada Diamantina, a última morte violenta ocorreu há exatamente seis anos: em 22 de julho de 2016. Entre as 25 cidades, a que registrou assassinato mais recentemente foi Érico Cardoso, em dezembro de 2020. Confira:

Maurício Santos Aguiar, de 41 anos, foi baleado no povoado de Malhada, enquanto estava na porta de casa onde morava. O homem que disparou contra ele estava em uma moto e fugiu logo em seguida. A polícia não deu detalhes sobre o que motivou o crime. Até esta sexta-feira (22), ninguém foi preso.

G1

Veja também: