Bolsonaro decide indicar André Medonça para o STF

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O atual advogado-geral da União e ex-ministro da Justiça, André Mendonça, será indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para o Supremo Tribunal Federal. O indicado, que deve passar ainda por sabatina no Senado, vai substituir o ministro Marco Aurélio Mello, que se aposenta por idade no próximo dia 12. O procurador-geral da República, Augusto Aras, também está sendo cotado para o posto.

Segundo a colunista Carolina Brigido, do UOL, Bolsonaro anunciou a aliados a preferência pelo AGU. A escolha também foi informada a ministros da Corte, mas o anúncio só deverá ser feito após a aposentadora do decano. A colunista afirmou que André Mendonça foi o preferido por ter bom trânsito com os demais ministros, sendo atualmente o interlocutor do Executivo com a corte.

Ainda segundo a colunista, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins, também foi avaliado para o STF. Seu nome foi defendido pelo senador e filho do presidente, Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ).

Veja também: