Botijão de gás chega a custar R$ 115 na Bahia

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Das 14 cidades baianas analisadas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), 9 registraram um preço para o gás de cozinha igual ou superior a R$ 100 nesta semana. O topo da lista fica com a cidade de Barreiras, em que o botijão pode ser encontrado a R$ 115. Seguida por Ilhéus (R$ 110), Simões Filho (R$ 108), Itabuna (R $105), e Camaçari, Guanambi, Juazeiro, Lauro de Freitas e Salvador, todas registrando R$ 100. Apenas Feira de Santana, Eunápolis, Vitória da Conquista, Irecê e Jequié tiveram preços dentro da faixa dos 90 reais.

Para a gasolina, a situação é igualmente preocupante. O litro do combustível atingiu o preço máximo de R$ 7,299 no estado. Já o óleo diesel e o etanol chegaram a ser vendidos a R$ 6,392 e R$ 6,959, respectivamente.

Na última terça-feira (26), a Petrobras realizou um reajuste nos preços da gasolina e do diesel em suas refinarias. O litro da gasolina vendido pela empresa às distribuidoras passará de R$ 2,98 para R$ 3,19, o que representa um aumento de R$ 0,21 ou de cerca de 7%. Já o litro do diesel passará a ser vendido por R$ 3,34 nas refinarias da Petrobras, o que representa um aumento de cerca de 9% sobre o preço médio atual, de R$ 3,06.

Veja também: