Cachoeira pode ser reconhecida como patrimônio mundial

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

Importante destino da zona turística Baía de Todos-os-Santos, o município de Cachoeira pode se tornar Patrimônio Mundial Cultural. A solicitação foi feita ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), nesta quarta-feira (13), dia do aniversário de 187 anos de emancipação da cidade, em cerimônia na Igreja da Ordem Terceira do Carmo, com a presença de representantes do Governo do Estado. O instituto vai elaborar um dossiê que será encaminhado para avaliação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), responsável pela concessão do título. Atualmente, na Bahia, só o Centro Histórico de Salvador detém o reconhecimento.
Para o secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro, esse é um ato que vem a valorizar toda a história e tradição cultural de Cachoeira ao longo de séculos. “Com a valorização de toda essa riqueza cultural, o turismo ganha outro sentido. As pessoas vêm não somente pelas belezas naturais, mas também por toda a história que aqui foi construída”, complementou o secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro.

Veja também: