Das 113 assinaturas para o pedido de impeachment, 32 são governistas

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

Das 113 assinaturas de deputados para a abertura do pedido de impeachment do presidente Lula, 32 são parlamentares governistas. O pedido de afastamento do presidente foi encabeçado pela deputada Carla Zambelli, resultante da fala de Lula ao comparar as ações dos israelenses na Faixa de Gaza com o Holocausto.
Os deputados governistas que assinaram o pedido são filiados ao PP, MDB, União Brasil, Republicanos e PSD, que indicaram ministros do atual governo.

Do PP , partido do presidente da Câmara, Arthur Lira, há 12 signatários do pedido de impeachment. São eles: Gerlen Diniz, Ana Paula Leão, Dilceu Sperafico, Covatti Filho, Pedro Westphalen, Afonso Hamm, Dr. Luiz Ovando, Pedro Lupion, Clarissa Tercio, Evair Vieira de Melo, Coronel Telhada e Delegado Fabio Costa.
Do União Brasil, há 11 deputados que subscrevem o pedido: Nelsinho Padovani, Dr. Fernando Maximo, ⁠Dr. Zacharias Calil, Dayany Bittencourt, Coronel Ulysses, Coronel Assis, Rodrigo Valadares, Cristiane Lopes, Alfredo Gaspar, Rosangela Moro, Kim Kataguiri.

O Republicanos quatro parlamentares assinaram o pedido: Franciane Bayer, Mariana Carvalho, Roberto Duarte e Messias Donato. Do MDB, três, são eles: Osmar Terra, Thiago Flores e Delegado Palumbo.

Já o PSD teve o Sargento Fahur e Reinhold Stephanes Jr assinaram a proposta de Carla Zambelli.

Veja também: