Jerônimo Rodrigues admite ‘vontade’ em ser candidato

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

O secretário de Educação do estado, Jerônimo Rodrigues (PT), afirmou, nesta sexta-feira, 11, que tem vontade, sim, em ser o candidato do PT para o governo da Bahia, mas que ainda não há nada definido. De acordo com o secretário, que é o nome preferido do governador Rui Costa (PT), qualquer nome escolhido pelo partido será ‘consenso’ nas fileiras da sigla.

Segundo Jerônimo, quando o senador Jaques Wagner era o pré-candidato da base, não havia vontade de partidários do PT em lançar nomes alternativos à sigla para a corrida ao Palácio de Ondina. No entanto, com a negativa de Wagner e posteriormente do também senador Otto Alencar (PSD) em ser cabeça de chapa do grupo, ‘surge a vontade’ de ser o candidato da base governista.

‘Quando tínhamos o ex-governador Jaques Wagner como pré-candidato, nós (partidários do PT) não podíamos botar a cara, porque nós tínhamos um bom nome, qualificado, já testado, uma liderança nacional. Na medida que ele (Wagner) desenha um outro processo, aparece o nome de (senador) Otto e, novamente, a gente na disciplina do partido, oferecemos o nome do senador Otto pra mostrar que o PT) não quer se perpetuar no governo, o que foi uma estratégia importante para mostrar que nós confiamos nos companheiros, nós confiamos nos aliados ”, disse o secretário.

“Na medida que o senador Otto apresenta a justificativa da construção partidária do PSD e não poderia concorrer à candidatura, aí o PT assumiu isso e nomes foram colocados, inicialmente, e aí sim a vontade se estabelece , o desejo da gente é fortalecer a esperança, a utopia, Lula na presidente da república, retomando o desenvolvimento do país, com a gente na Bahia dando continuidade ao processo”, completou Jerônimo.

 

Veja também: