Medina é eliminado por francês e John John Florence é bicampeão mundial de surf

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Não deu para Gabriel Medina. Sonhando com o bicampeonato mundial de surfe, o brasileiro lutou bastante, mas foi eliminado nesta segunda-feira (18) pelo francês Jeremy Flores nas quartas de final na etapa de Pipeline, no Havaí. Com isso, viu John John Florence conquistar título dentro de casa.

O sonho ficou pelo meio do caminho com uma derrota por 12.76 a 6.04. Como John John já havia avançado para a semifinal, Medina precisava do título da etapa para levantar o caneco. Na bateria diante do francês, contudo, a sorte não estava do lado brasileiro. O surfista não fez boas escolhas e ainda pegou um mar com poucas ondas. Jeremy Flores, com isso, aproveitou o bom início de bateria, quando conseguiu uma nota 7.33, para administrar e avançar de fase.

“Foi um grande ano. Tive uma lesão no começo, que me atrapalhou muito. Mas somos profissionais, temos que lidar com isso. Tentei dar o máximo, mas tive resultados ruins e bons. Aprendi muito. As ondas estavam muito ruins na minha bateria, mas temos que lidar com isso. Estou muito cansado, dei tudo de mim na água”, afirmou Medina após a eliminação precoce.

Bi consecutivo

Com apenas 25 anos, John John Florence garantiu o bicampeonato consecutivo na Liga Mundial de Surfe. O último a conseguir o feito havia sido ninguém menos que Kelly Slater, nas temporadas de 2010 e 2011. O americano, por sinal, ainda está na ativa aos 44 anos e é o maior vencedor da modalidade na história, com 11 conquistas ao todo.

Veja também: