Mostrando fragilidade Otto demonstra insatisfação por pagar conta do PT com a saída de Leão

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

Aos aliados mais próximos, o senador Otto Alencar (PSD) reclama abertamente da conta salgada que terá de pagar pela barbeiragem política da cúpula petista com o PP. Até então, Otto havia conseguido escapar sem arranhões do primeiro desacerto na montagem da chapa patrocinada pelo Palácio de Ondina, quando o senador Jaques Wagner (PT) desistiu de concorrer ao governo, diante da decisão de Rui Costa de renunciar para disputar o Senado e entregar o cargo ao vice, João Leão (PP). No arranjo, Otto assumiria o lugar de Wagner, mas preferiu tentar a reeleição. Só não esperava que a quebra do acordo de Wagner com Leão respingasse sobre ele.

Galinha pulando
“Otto tinha pista limpa para se reeleger. Contava com apoio total dos partidos da base, incluindo o PP, e da máquina do governo. Com Leão fora do bloco, ganha um problema que não contava, caso o vice entre na briga do Senado, seja só ou na oposição. É claro que não gostou de pagar pelo erro do PT”, confidenciou um integrante da tropa leal a Otto.

CORREIO

Veja também: