Repórter da TV Globo esfaqueado tem alta da UTI nesta terça

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

O jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo, que foi esfaqueado múltiplas vezes na última quinta-feira, 14, deve receber alta da UTI na tarde desta terça-feira, 19. Ele está internado no Hospital Brasília, no Lago Sul, e será transferido para um quarto. As informações são da Globo, confirmadas pela unidade de saúde.

Gabriel Luiz foi esfaqueado perto de casa, em Brasília, e segundo a Polícia Civil teria sido vítima de uma tentativa de latrocínio – roubo seguido de morte. Dois suspeitos do crime, entre eles um menor de idade, estão detidos.

O repórter foi esfaqueado por volta das 23h, quando voltava de um bar na região. Câmeras de segurança registraram a aproximação dos homens que o atacaram. O jornalista levou dez facadas e teve perfurações em diversas partes do corpo. Ele passou por diversas cirurgias bem-sucedidas no Hospital de Base do DF, e depois foi transferido para a unidade de saúde particular.
José Felipe Tunholi, de 19 anos, e o adolescente de 17 anos foram presos entre o fim da tarde e o início da noite de sexta-feira, 15. Eles alegaram ter atacado o jornalista porque ele estava caminhando sozinho.

De acordo com a Polícia Civil, os criminosos dispensaram o celular de Gabriel Luiz pois sabiam que o aparelho poderia ser rastreado. Eles levaram R$ 250 da carteira da vítima, que também foi jogada fora, perto do local do crime.

Veja também: