Robinho é condenado a 9 anos de prisão por violência sexual

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O atacante Robinho, do Atlético-MG, foi condenado nesta quinta-feira (23) a nove anos de prisão após acusado de violência sexual pela Justiça da Itália. Segundo a imprensa italiana, o atleta estuprou uma mulher albanesa, que na época tinha 22 anos, em uma casa de shows em Milão, quando defendia o clube do Milan em 2013.

A decisão ainda cabe recurso. Ainda de acordo com a promotoria de justiça, outras cinco pessoas também foram acusadas do crime.

Esta é a segunda acusação de estupro enfrentada por Robinho. Em 2009, na Inglaterra, ele foi investigado depois que uma mulher disse ter sido violentada por ele numa casa noturna da cidade de Leeds. O atacante, que na época defendia o Manchester City, foi inocentado.

Do Metro1

Veja também: