Santo Amaro: Professores vão realizar protesto para cobrar da Prefeitura “Piso Salarial”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

Professores da Rede de Educação de Santo Amaro irão realizar nesta segunda-feira (7) um protesto para reivindicar direitos profissionais não pagos pela prefeita Alessandra Gomes (PSD). De acordo com a organização do protesto os profissionais desde o segundo semestre de 2018, têm negada a sua solicitação de mudança de nível por qualificação e desde 2020, todos os professores da rede não recebem o piso nacional do Magistério. Segundo a nota o protesto tem sido organizado por um grupo de professores autointitulado “Professores de Luta em Santo Amaro” que é independente ao Sindser, sindicato dos servidores de Santo Amaro, cuja diretoria, há 13 meses na direção do sindicato, não tem demonstrado mobilização em prol das lutas da categoria. O Protesto será realizado nesta segunda-feira, dia 07/02, às 09h da manhã na Praça do Rosário.

Confira algumas das pautas dos professores:
✅ Atualização do Piso Nacional 2022 com Reserva de Carga Horária de 1/3 para os Professores do Fund I

✅ Mudança de Nível imediato

✅ Enquadramento com portaria

✅ Transparência e prestação de Contas das sobras do Fundeb (Rateio).

✅ Atualização de informações a respeito dos precatórios do Fundef

✅ Sábado letivo remunerado (horas-extras)

✅ Cumprimento do Plano Municipal de Educação Lei 2015/2016

Veja também: