São Gonçalo dos Campos: Prefeitura retira obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

A prefeitura de São Gonçalo dos Campos, cidade a cerca de 130 km de Salvador retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção contra a Covid-19 em ambientes abertos. A medida foi publicada na edição de terça-feira (15) do Diário Oficial do Município, e entrou em vigor imediatamente.

Este é o quarto município baiano a adotar a medida. Além de São Gonçalo dos Campos, as prefeituras de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo, Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador, e Porto Seguro, no extremo sul, também desobrigaram o uso de máscaras em locais abertos.

Em São Gonçalo dos Campos, o uso do equipamento segue obrigatório em ambientes fechados e nas repartições municipais, nos transportes coletivos, além das escolas e unidades de saúde, sejam elas privadas ou públicas.

Conforme a prefeitura, a decisão ocorre após redução nos casos de coronavírus e avanço no número de pessoas vacinadas contra a doença na cidade. Nas redes sociais, moradores comemoraram a novidade.

A gestão municipal reiterou que segue observando os dados referentes à pandemia e que, caso necessário, pode revogar a flexibilização. Além disso, recomendou que a população mantenha reforço nos hábitos de higiene, sobretudo das mãos.

Durante a pandemia, a prefeitura de São Gonçalo dos Campos esteve envolvida em algumas polêmicas. O prefeito Tarcísio Pedreira (Solidariedade) chegou a ser detido por desacato e foi levado ao complexo policial de Feira de Santana, após tentar impedir a Polícia Militar de encerrar um evento de São João, quando esse tipo de festejo estava proibido em todo o estado.

Em janeiro desse ano, autorizou a realização da festa do padroeiro da cidade, que gerou aglomerações em lavagens, cortejos e apresentações em trios elétricos.

Fonte: G1

Veja também: