Sergio Moro pode ser cassado após medida do TRE; saiba detalhes

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

O mandato de Sergio Moro corre risco de ser cassado. Isso porque o último entrave para que o Tribunal Regional Eleitoral, do estado do Paraná, foi resolvido. Com isso, o julgamento da ação que pode originar essa consequência já cria vertentes.

De modo geral, o Diário Oficial da União emplacou, nesta quinta-feira (22), a oficialização da nomeação do advogado José Rodrigo Sade como novo integrante do tribunal. A medida foi assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Recentemente, Sade, que já foi advogado de Deltan Dallagnol, recebeu indicação do mandatário no início do mês. A priori, interlocutores do presidente do tribunal, Sigurd Bengtsson, esperava apenas a publicação para que a data fosse marcada.

Há cerca de um ano, a ação foi ajuizada pelo PL e PT. Caso Moro seja cassado, já que está acusado de abuso de poder econômico em sua campanha para senador em 2022, ainda poderá recorrer ao TSE.

Veja também: