Sondagem da Ponte Salvador-Itaparica é iniciada na capital baiana

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

Nesta quarta-feira (21), a Concessionária responsável pela construção, operação e manutenção do Sistema Rodoviário Ponte Salvador-Itaparica iniciou o serviço de sondagem na capital. A perfuração para coleta de amostras do solo foi realizada em uma área próxima ao terminal do ferry boat. Com uso de uma perfuratriz, são obtidos fragmentos do solo no local, onde posteriormente será instalado um pilar da ponte. Essa fase é fundamental para compreender as características do terreno e definir a fundação da estrutura.

Essa é a segunda perfuração de sondagem em terra já realizada. A primeira ocorreu no dia 31 de janeiro, no município de Vera Cruz, e já foi concluída. Posteriormente, essas amostras são enviadas para laboratório, onde são feitas as análises detalhadas do material coletado.

De acordo com o cronograma de trabalho, após a finalização da sondagem em terra, começa a sondagem no mar. Prevista para iniciar no mês de março, nessa fase serão utilizadas plataformas nas áreas da Baía de Todos-os-Santos consideradas de águas rasas, aquelas com até 10 metros de profundidade. Logo em seguida, começa a sondagem em águas profundas, com mais de 10 metros de lâmina d’água, e uso balsas que estarão acopladas com perfuratrizes para fazer a coleta de amostras do solo marinho. A finalização de todo o processo de sondagem está prevista para dezembro de 2024. Já os canteiros de obras começarão a ser mobilizados no início de 2025.

“Estamos avançando com o serviço de sondagem em terra e, muito em breve, vamos iniciar as atividades no mar. Para essa nova etapa na Baía de Todos-os-Santos, iremos contar com o auxílio de equipamentos chineses, como o sistema de compensação de ondas. O intercâmbio tecnológico Brasil-China será um dos legados desse grande investimento que estamos fazendo”, contou o presidente da Concessionária, Cláudio Villas Boas.

Veja também: