Tabata Amaral sofre cortes na boca e na mão após tentativa de assalto em SP

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

A deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP) sofreu cortes na boca após o vidro do carro em que ela estava ser quebrado na manhã deste sábado (9) durante uma tentativa de assalto. Os estilhaços atingiram a boca e a mão da deputada. A situação aconteceu na região da Bela Vista, no Centro de São Paulo.

A tentativa de assalto aconteceu na saída de Tabata em um evento no Sindicato dos Padeiros. Durante a passagem da deputada, um homem deu um soco no vidro. A parlamentar afirmou que ao perceber a ação jogou o celular no chão do veículo.

“Ele deu um murro, quebrou o vidro. Graças a Deus a gente está bem, o soco não me pegou e os estilhaços só atingiram minha boca e minha mão. A gente conseguiu jogar o celular no chão na hora”, disse.
Tabata mostrou indignação e indicou que sentiu medo e um sentimento de injustiça durante a tentativa de roubo.

“Essa não é a minha São Paulo. Esse não é o lugar em que eu trabalho para criar os meus filhos. Eu sei que muitas pessoas já passaram por situações parecidas e muito piores. A gente sente uma raiva tremenda na hora, medo e um sentimento de injustiça e de imobilidiade, o que vale dizer agora é que sou grata a Deus.”, completou.

Veja também: