UFRB instala usina de energia solar no Campus de Cruz das Almas

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) inaugurou uma usina de energia fotovoltaica (UFV) no Campus de Cruz das Almas, em uma área de cerca de 10 mil m². O investimento total do empreendimento foi de R$ 3.779.685,81.

Com 1.352 módulos, a UFV tem capacidade de gerar, em média, 88 mil kWh de energia, o que corresponde a 35% do consumo energético do Campus. A economia no consumo representa uma redução de R$ 29 mil nas contas de energia da Instituição. O retorno do investimento é estimado para cinco anos.

Além de gerar economia, a UFV também será um espaço para desenvolvimento de atividades de ensino, o que poderá gerar projetos de pesquisa, Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), além de dissertações e teses.

O engenheiro eletricista Pedro Barbosa, da Coordenadoria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Cimam), afirma que a implantação da usina reforça o cenário da energia renovável no país. “Mesmo possuindo uma matriz energética considerada, majoritariamente, renovável, a implantação de uma usina fotovoltaica, como a da UFRB, contribui para a ampliação das fontes de energia renováveis no país”.
O profissional foi um dos responsáveis pelo projeto da UFV ao lado dos professores Jadiel dos Santos Pereira, do Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS), e Carlos Cortês, do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC); o engenheiro civil Filipe Paes, da Cimam, também teve atuação como fiscal da obra.

A energia obtida pela luz solar colabora com a sustentabilidade e vai ao encontro do Plano de Logística Sustentável (PLS) da UFRB, como explica Joel Souza, coordenador do Cimam.

A expectativa da Universidade é ampliar o projeto, à medida que se tenha capacidade orçamentária, e também buscar pleitear recursos para instalar novos painéis.

Correio

Veja também: