Depoimento de Rui Costa na CPI do MST é cancelado

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
LinkedIn

O depoimento do ex-governador e ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT) foi cancelado. O petista iria prestar depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do MST, nesta quarta-feira (09), mas o Palácio do Planalto foi avisado sobre o cancelamento.

Segundo informações do Metrópoles, a ordem teria partido do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP) e a decisão foi publicada no Diário da Câmara dos Deputados, após Lira ter acatado a questão de ordem do deputado Nilto Tatto (PT-SP) contra o requerimento de convocação do ministro.

O deputado apontou que “não há ligação clara entra a Casa Civil e as invasões do MST e a comissão não teria competência para convocar Costa”. No despacho, Lira alega que a convocação de um ministro para a CPI precisa ter “fato determinado”.

“No caso em tela, não se demonstrou no requerimento a conexão entre as atribuições do Ministro da Casa Civil da Presidência da República e os fatos investigados pela CPI sobre o MST”, disse Lira em decisão publicada no Diário da Câmara dos Deputados desta quarta-feira (09).

O ex-chefe do executivo estadual baiano seria ouvido pelos deputados e membros da CPI do MST às 14h. A convocação aconteceu após a requisição do deputado federal Ricardo Salles (PL), relator da CPI na ‘Casa Baixa’.

 

Veja também: