Doses da Sputnik V pode chegar dentro do prazo na Bahia

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, afirmou na última semana, que a carga com as primeiras doses da vacina russa contra a covid-19, Sputnik V, que estava prevista para chegar ao estado no início de julho, só deverá desembarcar no final do mês. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) afirmou que ainda há possibilidade da chegada no tempo previsto. “O secretário não falou em atraso, somente que as exigências da Anvisa estão sendo cumpridas e que, se a carga não chegar no início, deve chegar até o final do mês”, afirmou a assessoria. De acordo com o titular da pasta, para que o imunizante chegue à capital baiana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez 29 exigências, o que pode atrasar a chegada das doses. O órgão é responsável por liberar a importação excepcional da vacina em estados do Nordeste. O lote que chegará à Bahia foi adquirido pelo Consórcio Nordeste. Uma das restrições de uso da Anvisa é o limite de imunizar apenas 1% da população com as duas doses da Sputnik V. Por conta dessa determinação, a Bahia receberá apenas 300 mil doses, embora mais de 9 milhões tenham sido adquiridas para toda a região.

Com informações do CORREIO*

 

Veja também: