Lula tem 49% e venceria no 1º turno, diz Ipec

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Pesquisa Ipec divulgada na madrugada desta sexta-feira (25), mostra que o ex-presidente Lula (PT) venceria a eleição para a presidência da República em 1º turno se a disputa fosse hoje. O petista tem 11 pontos percentuais a mais que a soma de seus possíveis adversários. Veja os números abaixo:

  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 49%
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 23%
  • Ciro Gomes (PDT): 7%
  • João Doria (PSDB): 5%
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 3%
  • Brancos / Nulos: 10%
  • Não sabem / Não responderam: 3%.

O levantamento do Ipec foi feito entre 17 e 21 de junho e ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios. A margem de erro é de 2 pontos para mais e para menos. O nível de confiança é de 95%.

O Ipec foi criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento. O novo instituto de pesquisa atua na área de consultoria e inteligência em pesquisas de mercado, opinião pública e política.

A pesquisa também perguntou em quais candidatos os entrevistados votariam com certeza ou poderia votar, não votaria de jeito nenhum e os quais não conhece com certeza ou não sabe. Veja os números

Lula

  • Votaria com certeza ou poderia votar: 61% (era 50% em fevereiro)
  • Não votaria nele de jeito nenhum: 36% (era 44%)
  • Não conheço o o suficiente, não sei: 3% (era 6%)

Bolsonaro

  • Votaria com certeza ou poderia votar: 33% (era 38% em fevereiro)
  • Não votaria nele de jeito nenhum: 62% (era 56%)
  • Não conheço o o suficiente, não sei: 4% (era 5%)

Ciro

  • Votaria com certeza ou poderia votar: 29% (era 25% em fevereiro)
  • Não votaria nele de jeito nenhum: 49% (era 53%)
  • Não conheço o o suficiente, não sei: 21% (era 22%)

Doria

  • Votaria com certeza ou poderia votar: 18% (era 15% em fevereiro)
  • Não votaria nele de jeito nenhum: 56% (era 57%)
  • Não conheço o o suficiente, não sei: 26% (era 28%)

Mandetta

  • Votaria com certeza ou poderia votar: 13% (era 14% em fevereiro)
  • Não votaria nele de jeito nenhum: 47% (era 45%)
  • Não conheço o o suficiente, não sei: 39% (era 40%)

Veja também: