Médico acusado por tentativa de homicídio trabalha no hospital de Candeias

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Nessa quarta-feira (04) o Ministério Público estadual (MP-BA), por meio do promotor de Justiça Davi Gallo, solicitou que a Justiça decrete a prisão preventiva do médico Rodolfo Cordeiro Lucas pela tentativa de homicídio da médica Sattia Lorena Patrocínio Aleixo no dia 20 de julho de 2020, no bairro de Jardim Armação, em Salvador. O médico trabalha no hospital Ouro Negro localizado em Candeias e administrado pela prefeitura da cidade. O nosso site recebeu denuncias de moradores da cidade que confirmaram o vínculo com o hospital por meio de um exame médico.

Segundo o órgão, Rodolfo foi denunciado pelo MP-BA por crime de feminicídio na modalidade tentada, em razão do denunciado ter praticado as agressões físicas contra sua então companheira por razões de condições do sexo feminino, decorrente de violência doméstica e familiar.
Confira o documento com o CRM do Rodolfo Cordeiro Lucas;

Foto: G1 Bahia

Veja também: