Candeias: Município registra 1º caso da variante Gama

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A Secretaria da Saúde de Candeias, na região metropolitana de Salvador, confirmou na segunda-feira (5) o primeiro caso positivo da variante Gama do novo coronavírus, anteriormente chamada de P.1, que surgiu em Manaus. Segundo o órgão, o paciente já se recuperou e está curado da doença.

De acordo com a prefeitura, a cidade tem registrado aumento no número de casos de Covid-19 desde fevereiro e houve uma mudança no comportamento da doença.

Em nota, a secretaria pede que a população siga as medidas preventivas e reafirma o pedido para utilização de máscaras, que as pessoas conservem as mãos e ambientes higienizados e mantenham o distanciamento social.

Conforme o último boletim da Secretaria de Saúde de Candeias, na segunda-feira, a cidade possui 138 casos ativos da doença. Desde o início da pandemia, 6.584 pessoas do município tiveram Covid-19 e 178 morreram.

A variante encontrada em Candeias está presente na Bahia desde março deste ano. Uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), divulgada em 18 de junho, detectou que pessoas assintomáticas também apresentaram a variante no município.

De acordo com a Uefs, os resultados parciais da pesquisa “Vigilância Epidemiológica e Genômica da Covid-19 de indivíduos em Grandes Áreas de circulação em Feira de Santana” foram divulgados em um evento na instituição.

Entre os resultados, foram ressaltados a coleta de 1.400 amostras, forma pela qual foram detectadas as 154 pessoas infectadas pela Covid-19 e classificadas como assintomáticas.

A coleta também constatou 122 genomas e uma variante predominante em 100% dos infectados, a P.1/P1.1, conhecida como variante de Manaus, que tem como característica a transmissão em 1,7 a 2,4 vezes maior do que as outras linhagens do vírus.

Veja também: