Maragojipe: Vereador é chamado de Fanfarrão e acusado de participar de esqueça de Extorsão

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O Vereador da cidade de Maragojipe, Antonio Clermo Silva De Assis (vulgo Bad Boy – PL), foi citado na coluna “O Carrasco” do jornal Atarde dessa segunda-feira (06) sendo acusado de participar de um esquema de extorsão e adquirir carro de luxo com renda de apenas R$8.000,00. Leia a nota do Jornal Atarde onde confirma todas as informações.  Noticia-se no entorno da Região Metropolitana de Salvador que um vereador de Maragogipe, fortemente ligado à Petrobras, de prenome “Clelmo”, segundo nossas fontes, anda criando dificuldade para vender facilidade no impasse num acordo entre Mubadala, Petrobras e os municípios de Madre de Deus, São Francisco do Conde, Candeias e Salvador. Defensor dos piores adjetivos imagináveis, o edil fazia parte da turma que brigava por vagas nas empresas prestadoras de serviços à Petrobras para se favorecer do primeiro salário de quem se empregava. Na onda do estaleiro, teria sido eleito vereador em Maragogipe, depois de prestar desserviço na pacata cidade de São Francisco do Conde. Agora está a serviço da Petrobras para manchar a imagem das prefeituras que lutam para que a estatal honre pelo passivo ambiental deixado. Detalhe, por conta de seus malfeitos, apurou-se que o “bad boy” comprou uma SW4 recentemente e ainda conseguiu “encostar” três caçambas numa obra pública, tudo isso com um salário que não chega a R$ 8 mil. Inclusive, parece que já esteve preso, acusado de extorsão. A se confirmar.

Veja também: